30 setembro, 2010

O sapo

    Pedro passeava no jardim da minha casa. Inesperadamente, gritou! Assustados, Pedro e o sapo se olhavam.